Imprimir

joomla3

Uma estratégia de desenvolvimento para o Cerrado, baseada na garantia da segurança territorial de povos e comunidades tradicionais (...)

.

A Rede Cerrado entende que uma estratégia de desenvolvimento sustentável do Cerrado deve estar baseada na garantia da segurança territorial de povos e comunidades tradicionais, no uso sustentável da biodiversidade e na prática da agroecologia.

A garantia do direito à terra permite a estes grupos o acesso aos recursos naturais essenciais a sua sobrevivência e à manutenção de seus modos de vida tradicionais. Já as práticas agroecológicas, muitas vezes associadas ao extrativismo de frutos nativos do Cerrado, permitem um arranjo que garante a conservação de solo e água, manutenção da biodiversidade e boa produtividade. Inúmeras iniciativas de produção e comercialização de produtos da sociobiodiversidade do Cerrado vêm ganhando espaço no mercado, trazendo ao público iguarias como a castanha de baru, conserva de pequi, farinha de jatobá e doce de buriti, além de produtos fitocosméticos e medicinais.

As propriedades que trabalham com agroecologia também funcionam como importantes corredores ecológicos, pois permitem o fluxo de flora e fauna entre diferentes regiões. De forma combinada com a produção sustentável, é necessário também ampliar a cobertura de unidades de conservação no bioma e adotar medidas que estabeleçam rigoroso controle sobre o uso de agrotóxicos e estimulem o aumento da eficiência da produção pecuária, de forma a evitar o avanço do desmatamento sobre novas áreas de Cerrado.

Vídeo

REDE CERRADO

SHCGN CLR Quadra 709 Bloco "E" Loja 38 

Brasília - DF  - CEP 70.750-515 

(61) 3327.8085 O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.